cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
Assine 5

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos

notícias

04.03.2021 | SAFRA - por Nereida Vergara - Correio do Povo - RS

Entrada da safra leva preço do arroz para estabilidade

Quedas verificadas neste ano são consideradas reflexos da evolução da entressafra para a colheita e eram esperadas por entidades de produtores

imagem Preço do grão está menor do que no pico, mas é superior ao de março de 2020 Foto: Paulo Henrique Santhias / SAR / DIVULGAÇÃO

O preço da saca de 50 quilos de arroz em casca vem recuando durante este ano, à medida em que a entressafra vai ficando para trás e a colheita vai avançando. Pelo Indicador Esalq/Senar-RS, publicado diariamente pelo Cepea, a cotação oscilou de R$ 92,75 em 6 de janeiro para R$ 89.45 em 4 de fevereiro, R$ 87,09 em 25 de fevereiro, e R$ 84,45 nesta quarta-feira. O valor fica abaixo do pico de R$ 106,34, ocorrido em 13 de outubro do ano passado, mas se mantém distante do acima dos R$ 49,20 de 3 de março de 2020.

Este comportamento reflete a entrada de mais produto no mercado nesta época do ano e não deve ser interpretado como uma tendência de queda, afirma o presidente da Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho. “Nós já havíamos previsto que no início da colheita o preço se acomodaria por volta dos R$ 85,00, que é o valor que está sendo praticado na exportação”, lembra o dirigente.

Segundo Velho, não há indicativo de queda maior em razão do dólar estar estabilizado acima dos R$ 5,00, da forte demanda internacional pelo produto e de não haver razões para o mercado interno optar por importações. “O arroz trazido de outros países, como, por exemplo, dos Estados Unidos, está chegando ao Brasil acima dos R$ 100,00 a saca, e é um produto de qualidade inferior”, compara.

De acordo com o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Ivan Bonetti, a colheita das lavouras gaúchas tem avançado com tranquilidade e sem atrasos. O último dado apurado pela autarquia é do dia 25 de fevereiro e indica que 5% da área plantada de 944 mil hectares, cerca de 37 mil hectares, já foram colhidos.


Enviar notícia para um amigo

comentários (1)

04/03/2021 - Flavio Evandro (Santa Maria - RS)
Em Itaqui a colheita acaba em poucos dias, e não sei se entra no mês de abril... O pessoal acreditou e plantou bastante soja! Dúvido que foi plantado 944.000 hectares esse ano. Não falo por outras regiöes! Esse arroz do cedo produziu em média 300 sacos por quadra! Esse plantado em novembro sofreu com a seca e depois com a chuvarada. Então é uma incógnita o que vai produzir. Minha previsão era R$ 66,96 no forte da colheita! E aindo sigo acreditando que esse é o valor buscado pela indústria e os CPRs. Eles que briguem prá se acertarem. Se adoram! O pessoal q plantou soja vai vender a R$ 180 e produzir bem com as chuvas regulares! Plantem soja! É ssgurança de bons preços e lucros! Qual o custo do arroz esse ano pessoal? Vcs acham q vão lucrar muito se venderem por 70 pilas?

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2021 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio