Abertura da Colheita do Arroz

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
Assine 5

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos

notícias

30.11.2020 | INTERNACIONAL - por Cleiton Evandro dos Santos - AgroDados/Planeta Arroz

Frete sobe na Ásia e eleva preços do arroz tailandês

Níveis mais altos em dois meses na Tailândia e em recuperação na Índia contrastam com estabilidade vietnamita

imagem Logística na Ásia segue com problemas Foto: Divulgação

Os preços de exportação do arroz na Tailândia saltaram para o seu nível mais alto em mais de dois meses, esta semana, com o aumento das taxas de frete de contêineres, enquanto uma valorização da rúpia e a melhora na demanda impulsionaram os preços do alimento básico na Índia.

A variedade de arroz parboilizado (5% quebrados) da Índia, principal exportador mundial, <RI-INBKN5-P1> foi cotada a US $ 372- $ 378 por tonelada, ante US $ 366- $ 370 da semana passada.

"A demanda é boa para o arroz indiano, pois é mais barato do que outros países exportadores", disse BV Krishna Rao, presidente da Associação de Exportadores de Arroz (REA).

“A valorização da rúpia tem forçado os exportadores a aumentar os preços”, acrescentou um negociante baseado em Kakinada, no estado de Andhra Pradesh.

Na Tailândia, os preços de referência do arroz com 5% quebrados <RI-THBKN5-P1> subiram para $ 480- $ 490 por tonelada de $ 475- $ 485 uma semana antes, com taxas de frete mais altas em um boom de navegação.

"O mercado está calmo, mas as taxas de frete estão mais altas, tornando os preços do arroz mais elevados também. A falta de contêineres também é um complicador", destaca um trader de Bangkok.
Os preços do arroz com 5% quebrados <RI-VNBKN5-P1> do Vietnã permaneceram inalterados em relação à semana anterior em $ 495- $ 500 por tonelada.

"Os embarques para a China e as Filipinas estão aumentando, mas a demanda de outros mercados, como Malásia e África, continuou fraca", disse um trader da cidade de Ho Chi Minh.

Os traders disseram que os agricultores do Delta do Mekong, a maior área de cultivo de arroz do Vietnã, começaram a semear para a safra de inverno-primavera, a maior do ano, um pouco antes para evitar uma possível seca.

A produção de arroz de Bangladesh pode cair 1%, para 35,3 milhões de toneladas no atual ano comercial, em relação ao ano anterior, principalmente por causa do clima inclemente, disse o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) no início deste mês.

"O clima severo em Bangladesh, que começou em maio e terminou em agosto, afetou a produção de arroz e moderou a produção de milho", observou o relatório. O país começou a importar arroz após um intervalo de três anos, lançando duas licitações para importar um total de 100.000 toneladas. (Com agências internacionais)


Enviar notícia para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2021 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio