Abertura da Colheita do Arroz

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
Assine 5

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos

notícias

19.11.2020 | SAFRA - por Nestor Tipa Jr. Agroeffective/Federarroz

Arrozeiros apostam em Integração Lavoura-Pecuária para elevar renda

Tema terá amplo espaço na próxima edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz

imagem Assunto será destaque novamente na 31ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz Foto: Divulgação

O pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Danilo Sant’Anna, também destaca a importância da pecuária dentro do sistema de produção com o arroz e a soja em terras baixas. Para o especialista, a lavoura ajuda muito no sistema com a presença de recursos, mas a pecuária contribui para a redução de custos e a diversificação de renda. "O que importa é a renda da propriedade como um todo. Para isso é necessário uma visão do sistema da propriedade inteira com uma visão integrada. É uma atividade que pode proporcionar mais renda pelo aumento de produção e não somente porque os preços estão bons. Mesmo antes, a margem de aumento de produtividade é muito grande nestes sistemas pastoris, e o grande impulsionador da renda é a produtividade. Este aumento de renda paga os investimentos que a pecuária necessita", ressalta.

Além disso, Sant’Anna enfatiza o benefício para o solo nesse sistema de produção, o que impulsiona a produtividade da lavoura. "Na fase pecuária conseguimos aumentar muito o parâmetros de fertilidade e rapidamente, e disso depende o aumento de produtividade do pasto pastado para ter aumento de matéria orgânica para que a lavoura pegue depois em cheio de uma forma inclusive muito mais assimilada, fazendo com que consigamos aumentar a própria produtividade da lavoura pelo aumento das melhorias de fertilidades do solo", observa.

Um dos proprietários da Estância da Tamanca, de Santa Vitória do Palmar (RS), Luciano Sperotto Terra, cita o exemplo da propriedade. "Partimos há algum tempo para intensificar a integração da lavoura com a pecuária pensando no incremento na rentabilidade das duas atividades. E com o advento da soja na várzea conseguimos Introduzi-la em rotação com o arroz e mantivemos a mesma lotação nas áreas de pecuária na sequência desta rotação com um melhor aporte forrageiro e incremento de fertilidade, produtividade e diversificação das commodities que trabalhamos", explica.

Conforme Terra, existe o respeito entre as atividades e o mantra que elas precisam crescer juntas. Mesmo que uma atividade esteja mais rentável que a outra no momento, o objetivo é investir no crescimento de todas ao mesmo tempo. Montamos um modelo com sete planos, onde plantamos mais ou menos 40% da área e os outros 60% são de atividade pecuária que vão girando entre arroz, soja, arroz, pecuária 1, 2, 3 e 4. Entendemos que melhorou o fluxo de caixa e valorizou mais os produtos, pois com isso podemos escolher a melhor época de comercialização. Além disso todos os colaboradores ja sabem o planejamento das áreas de lavouras e pecuária para os próximos anos. Nada é engessado, tudo pode sofrer mudanças, mas sempre pensando no crescimento e rendimento das atividades" afirma.

Os três participarão de painel sobre o tema. A 31ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas ocorrerá de forma híbrida de 9 a 11 de fevereiro de 2021, na Estação Experimental Terras Baixas da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão (RS), e virtualmente, com o tema "Os novos rumos do sistema de produção". O evento, que terá inscrições gratuitas e online, tem a realização da Federarroz, correalização da Embrapa e o patrocínio do Instituto Riograndense do Arroz (Irga).


Enviar notícia para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2021 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio