sulfacal

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
Assine 5
news

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Facebook

notícias

31.07.2020 | ANáLISE DE MERCADO INTERNACIONAL - EUA - por Dwight Roberts - presidente da USRiceProducers

Bons rendimentos iniciais nos EUA, mas Hanna prejudica a segunda safra

O final do mês está chegando e provavelmente será final de agosto antes que qualquer volume significativo esteja pronto para ser negociado

imagem Produtividade inicial nos EUA é excelente, apesar de desafios com relação ao clima Foto: USDA

O mercado de arroz continua de lado no intervalo pré-colheita desde o último relatório. As vendas de exportação para a semana foram notavelmente mais altas do que na semana anterior, mas ainda assim, com 23.000 MT. Ainda não há uma quantidade significativa de arroz para comercializar até que os primeiros lotes da nova safra sejam secos e classificados. As cargas dos navios observam um cenário semelhante, com tonelagem muito baixa também.

Os preços asiáticos de referência permaneceram bastante constantes durante a semana, com pouco ou nenhum movimento na maioria das áreas. Até as avaliações de moeda foram silenciadas durante esse período. Como para acentuar a natureza estática do mercado, o USDA manteve constante sua estimativa de preço no mercado mundial.

A colheita da Costa do Golfo começou aos trancos e barrancos, à medida que os produtores lutam colher em meio a chuvas constantes. Com toda a costa de Nova Orleans a Brownsville sendo inundada na semana passada, isso provou ser um grande desafio.

As primeiras áreas colhidas do Texas relataram números de rendimento muito promissores, com algumas estimativas superiores a 11 mil quilos por hectare. Mais tarde, o arroz que foi sujeito a inundações teve projeções notavelmente mais baixas, com relatos de plantas acamadas, debulhe, e a brotação se tornando mais prevalente.

Além disso, essas tentativas de colher o arroz na chuva impactaram negativamente o potencial da segunda safra em até 30% nesses campos, por causa dos danos ao piso.

A progressão da colheita no Mississippi e no Delta Superior também está enfrentando o clima, no entanto o desenvolvimento contínuo também é relatado. Do ponto de vista de preços, as cotações à vista parecem depender da janela de entrega, com o grão de safras anteriores comandando maior potencial de referências.

Os preços provavelmente se deteriorarão na colheita, à medida em que as áreas cultivadas maiores ficarem prontas e surgir um cenário melhor da qualidade.

No mercado futuro, a semana registrou perdas modestas em todos os setores. Os contratos abertos diminuíram entre 0,73% e 2,6%, respectivamente, e com pouca influência do mercado entre contratos próximos e diferidos. O volume diário foi notavelmente maior que na semana passada, enquanto o interesse aberto de quinta-feira foi marginalmente menor.

O final do mês está chegando ao setor e provavelmente será final de agosto antes que qualquer volume significativo esteja pronto para ser negociado. Enquanto isso, haverá muita especulação e posicionamento de todos os componentes da indústria, e o comércio trabalha para determinar como será exatamente a nova safra.


Enviar notícia para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2020 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio