Facebook

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
assine 3
news

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

12.08.2019 | CONSUMO - por Abiarroz

Brasileiro consome 34 quilos de arroz por ano, aponta pesquisa inédita

Levantamento, encomendado pela Abiarroz à Euromonitor, também mostra que produto é um dos principais alimentos da população, de norte a sul do país

O consumo per capita de arroz no Brasil é de 34 quilos por ano. É o que mostra pesquisa sobre o consumo nacional do cereal, realizada pela primeira vez com metodologia da Euromonitor. O levantamento, encomendado pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), também confirma que o arroz se mantém como um dos principais alimentos na mesa do brasileiro, de norte a sul do país.

De acordo com a pesquisa, o consumo de arroz se mantém estável no país, com previsão de leve alta de 0,2% ao ano. O Sudeste é a principal região consumidora de arroz em volume, enquanto o Centro-Oeste tem o maior consumo per capita, com 40kg por ano.

Cenário positivo

A Abiarroz destaca que a pesquisa aponta um cenário positivo para o crescimento da demanda por arroz no mercado interno. Entre os fatores que reforçam esta tendência, está o fato de o produto ser considerado acessível, barato e oferecer saciedade.

Além disso, contribuem para a expectativa promissora as pressões por saudabilidade, que levam parte dos consumidores a incluir em suas refeições o arroz orgânico ou o integral.

A alta disponibilidade de diferentes tipos do cereal e a ausência de glúten, podendo ser consumido por celíacos e pessoas que buscaram reduzir ou eliminar esse componente da dieta, igualmente sinalizam uma tendência de fortalecimento do consumo de arroz no mercado brasileiro.

A pesquisa também reforça a necessidade de ampliar o conhecimento dos consumidores sobre os valores nutricionais do arroz.

A Euromitor ouviu 2.098 consumidores de todo Brasil, em 2018, além de representantes do setor, incluindo players da indústria, associações, distribuidores, varejistas e demais atores relevantes do mercado de arroz, como profissionais da saúde.




Enviar notícia para um amigo

comentários (2)

12/08/2019 - Flavio Evandro (Santa Maria - RS)
Semana passada sai uma matéria dizendo que o consumo reduziu 4% ano passado... Agora sai essa falando que aumentou 0.2%!!! Estão tentando tirar a bala do pé??? Acordem pessoal... O negócio do arroz para a grande maioria é redução de área... Migrar para a soja... Não adianta aumentar a produtividade se o custo aumenta junto... O produtor tem que fazer a sua parte nesse processo senão restarão meia dúzia na atividade... Consciência de classe é saber se adaptar as novas circunstâncias e aprender a tornar o negócio rentável... Se o saco custa R$ 48 para ser produzido em uma produtividade de 180 sacos por hectare ele custará R$ 55 para uma produtividade de 220 sacos por hectare... Não existe milagre!!! Existe é mais tecnologia e aplicação de insumos... Burro é quem não consegue ver isso... Além do que o excesso de produtividade força os preços para baixo... Se perde nas duas pontas!!!
13/08/2019 - Paulo Camargo (São Paulo - SP)
A referida pesquisa mostra que do lado da demanda não teremos muito a fazer, pois vemos que a cada a dia, mais pessoas desempregadas vem abrindo seus food truck ofertando à população 'alimentos' indesejáveis a saúde, reduzindo assim o consumo do trivial (arroz e feijão). Obviamente o IRGA poderia ajudar contribuindo com parcela do CDO a fim de promover algum incremento no consumo, principalmente dos mais jovens, mas a grande verdade é que senão for atacado o lado da oferta, há solução não virá.
Os produtores devem ter entendimento que o desequilíbrio de forças da Indústria com o Varejo é muito grande e isto atinge todas as empresas do ramo, independente de estado, por isto pra consertamos a comercialização na ponta, carecemos de redução da oferta, só assim as boas empresas serão valorizadas e consequentemente a cadeia toda será também.

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2019 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio