Facebook

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
assine 3

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

08.08.2019 | SAFRA - por Planeta Arroz

Ministério da Economia garante prorrogações do custeio de julho e agosto

Federarroz pediu para que os vencimentos sejam diluídos para setembro, outubro e novembro, juntamente com as demais parcelas

O subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia, Rogério Boueri, confirmou esta manhã para o presidente da Farsul, Gedeão Pereira, que houve acordo para aprovação do ajuste e prorrogação das parcelas de custeio da safra 2018/19 de julho - vencida dia 20 - e de agosto no Conselho Monetário Nacional (CMN). A proposição do governo atende demanda da Federarroz, que solicitou que os vencimentos dessas datas sejam diluídos nas prestações de setembro, outubro e novembro.

Segundo Boueri, o voto já está pronto, bem como foram equacionadas as questões referentes aos recursos necessários para dar suporte à operação. A meta é reunir o CMN até a próxima sexta-feira, em sessão extraordinária, para formalizar a aprovação. A dificuldade de agenda do ministro Paulo Guedes e do presidente do Banco Central Roberto Campos Neto tem sido o empecilho para a reunião.

O economista-chefe da Farsul, Antônio da Luz, considera que o posicionamento oficial do governo federal traz maior segurança aos produtores, uma vez que o tema deveria ter sido debatido - e aprovado - na reunião do último dia 29 de julho. "É uma questão que não tem volta depois de dada a palavra do Ministério da Economia e da solução dos recursos", considera.

O impacto da notícia não é maior porque a medida está atrasada em um mês e o próximo vencimento de uma parcela de custeio, agora aumentada em um terço, está a apenas 40 dias. A expectativa do setor produtivo é de que os valores de mercado tenham uma boa reação bem antes disso, pois o produtor começará a ofertar antes da data limite do vencimento.

Ao final da tarde o presidente da Federarroz, Alexandre Velho, divulgou um video no qual confirma as informações de que a prorrogação está encaminhada conforme demanda da entidade. Para os arrozeiros que estão mobilizado em Cachoeira do Sul e outras cidades da região, os anúncios não mudam nada, uma vez que se repete a mesma notícia da semana passada, na qual havia previsão de que ainda naquela semana o governo encaminharia a votação do tema pelo CMN. 




Enviar notícia para um amigo

comentários (3)

08/08/2019 - Flavio Evandro (Santa Maria - RS)
Bem a tempo não??? A grande maioria pagou a de julho e já vendeu prá pagar a de agosto!!! Valeu pessoal... Vocês são fantásticos!!!
08/08/2019 - JOÃO BATISTA BORTOLOTTI (sentinela do sul - RS)
Eu acredito que tem que baixar os tributos sobre insumos para podermos abrir novos mercados e escoar a produção, renegociar para alguns meses não adianta nada.
10/08/2019 - Edereson Diehl ( - AC)
O amadorismo continua, qdo é q haverá alguém competente pra entender o problema dos produtores, ou pelo menos tenta-los resolver a tempo. Sds.

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2019 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio