Facebook

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
assine 3

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

11.06.2019 | INSUMOS - por Apassul

Apassul reúne-se com setor arrozeiro gaúcho no Irga

O referencial de preço de comercialização a partir desta safra será em quilogramas de semente e não mais em sacos

 O Núcleo de Produtores de Sementes de Arroz do Rio Grande do Sul reuniu-se com representantes do Irga (Instituto Rio-Grandense do Arroz) e da Apassul (Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul) com o objetivo de eleger novos representantes e tratar dos gargalos do setor.

Um dos assuntos discutidos no encontro foi a elaboração do custo de produção da semente de arroz, com base em dados apontados pelo diretor administrativo da Apassul, engenheiro agrônomo Jean Carlos Cirino. Foi aprovado por unanimidade que o referencial de preço de comercialização a partir desta safra será em quilogramas de semente e não mais em sacos. Esta postura será adotada por todos os integrantes do núcleo.

O Irga ficou responsável por apresentar dados de taxa de uso de sementes por região, além de avaliar se existe correlação deste indicador com a produtividade das lavouras. Na ocasião, também foi levantada a necessidade de uma campanha de valorização da semente de arroz, fomentando o uso de material certificado.

Foram eleitos os representantes das seis regiões arrozeiras do estado. Além disso, Valdemir João Simão foi reeleito coordenador do Núcleo de Produtores de Sementes de Arroz do Rio Grande do Sul.

A reunião ocorreu no último dia 03, no auditório do Irga, em Porto Alegre, e reuniu 28 pessoas.

Fonte: Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (Appasul)




Enviar notícia para um amigo

comentários (2)

11/06/2019 - Carlos Azambuja (Camaquã - RS)
Essa é boa, já vão inventar ''moda''' .......discutir custo de produção de semente, a cobrança já é praticamente o dobro do saco de 50 kg de arroz de comércio em relação ao saco de 40 kg de semente e agora pelo jeito querem subir mais com a anuência do IRGA. Neste momento delicado, propostas como essa com certeza serão muito mal vindas pelos demais produtores, o Irga como órgão de pesquisa deveria ficar de fora dessa proposição que quer complicar e onerar mais o custo de produção, em que historicamente a semente sempre foi comercializada em sacos sem nenhuma dificuldade para o cálculo da quantidade usada por hectare.
Está cara que estão querendo mais um adicional encima da semente!!!!
11/06/2019 - mairon guerra (Jaguari - RS)
O mais difícil será CONFERIR o número de sementes que o produtor estará comprando. Mais um engodo!

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2019 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio