Abertura da Colheita do Arroz

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
Assine 5
news

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos

notícias

01.02.2019 | PESQUISA

O branco que satisfaz

Epagri lança SCS 124 Sardo na 1ª Abertura da Colheita de Santa Catarina

imagem Em terra de parboilizado, sardo põe o branco em destaque

 A Epagri lançou no último dia 6 de fevereiro, durante a 1ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz de Santa Catarina, em Jacinto Machado, no campo demonstrativo da Cooperja, a sua primeira cultivar voltada para o mercado de arroz branco. A SCS 124 Sardo tem características que vão agradar os produtores, a indústria e os consumidores. Ela reúne boa produtividade (média de 8.754 quilos por hectare), ciclo médio, bom aspecto na embalagem e desempenho de panela e ótimo sabor.

A SCS 124 Sardo é classificada como longo fino e suas plantas possuem resistência média a brusone. “Ela é recomendada para todas as regiões de arroz irrigado de Santa Catarina, podendo também ser cultivada em outras regiões do Brasil mediante realização de ensaios de valor de cultivo e uso”, explica Alexander de Andrade, coordenador da equipe de pesquisa em arroz na Estação Experimental de Itajaí.

Por ser branco, o SCS 124 Sardo será mais uma opção aos catarinenses. Hoje, 76% do arroz beneficiado em Santa Catarina é colhido no estado e a maior parte é voltada à parboilização. Da parcela restante, importada do Rio Grande do Sul e do Mercosul, a maior parte é arroz branco. “Com o lançamento da variedade, as indústrias do estado demandarão menos importações para produzir arroz branco”, diz Alexander.

Essa é a 32ª variedade de arroz desenvolvida pela Epagri, a 24ª para Santa Catarina. A denominação é uma homenagem à família Sardo, que atuou na equipe de pesquisa em arroz da Estação Experimental de Itajaí por várias gerações. O lançamento resulta de 14 de anos de trabalho. Embora destinado ao mercado de grão branco, o sardo é adequado ao processo de parboilização, com a recomendação de que seja beneficiado separado de outras cultivares. A cultivar foi testada quanto ao comportamento industrial no laboratório de pós-colheita, industrialização e qualidade de grãos da UFPel (LabGrãos) e considerada compatível com esse processo.

Os grãos também foram analisados na Estação Experimental de Itajaí e na Embrapa Arroz e Feijão. “A SCS 124 Sardo apresentou excelente desempenho sensorial e culinário para arroz branco, comparável com as cultivares de referência do mercado”, destaca Alexander.

Sementes estarão disponíveis para a safra 2019/20


QUESTÃO BÁSICA
As sementes da SCS 124 Sardo estarão disponíveis para os agricultores na safra 2019/20. Para mais informações sobre a disponibilidade desse material é preciso entrar em contato com a Associação dos Produtores de Sementes de Arroz Irrigado (acapsa@acapsa.com.br ou www.acapsa.com.br).

FIQUE DE OLHO
De acordo com Gláucia Padrão, economista do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), a expectativa é que os produtores de arroz catarinenses tenham uma boa colheita na safra 2018/19. “Será uma safra considerada normal. A previsão é que seja menor que as duas últimas, pois elas estiveram bem acima da média”, explica. De acordo com a estimativa, os catarinenses devem colher cerca de 1,156 milhão de toneladas em 143,3 mil hectares contra 1,188 milhão de toneladas em 146,9 mil hectares da safra anterior (2017/18).

EDIÇÃO 69

publicado na edição

EDIÇÃO 69
Fevereiro de 2019

Veja o conteúdo

Disponível
Versão Impressa


Enviar notícia para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2020 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio