Facebook

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
assine 3

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

06.02.2019 | SAFRA - por Jornal do Vale do Itapocu - SC

Cooperativa já recebeu 500 mil sacas de arroz da nova safra

O valor da saca está em R$ 37,00, melhor do que no ano passado, contudo, o produtor teve aumento das despesas

imagem No pátio de descarga, existem momentos com mais de 100 caminhões na fila

Pelo menos um terço da safra de arroz já foi recebido pela Cooperativa Juriti. Até sexta-feira, cerca de 500 mil sacas do cereal haviam sido entregues pelos associados. Com o bom tempo que tem feito este ano, as colheitadeiras entram nas lavouras sem dificuldades, facilitando e acelerando o corte.

No pátio de descarga, existem momentos com mais de 100 caminhões na fila, que acontece das 4h até as 22 horas. Com o aplicativo introduzido na safra 2016/2017, o transportador ao dar entrada na portaria deixa o caminhão e acompanha pelos meios digitais como está descarga, retornando quando está próximo da vez.

Nesse ínterim, o condutor pode voltar à lavoura e preparar a nova carga. Para o presidente da Cooperativa, Orlando Giovanella, o aplicativo criado dentro da própria Juriti, pelo setor de TI, tem funcionado bem. Em relação à safra, ela tem sido boa, com algumas cargas bonificadas pela qualidade do produto.

O valor da saca está em R$ 37,00, melhor do que no ano passado, contudo, o produtor teve aumento das despesas com o combustível, fertilizantes e manutenção das máquinas, entre outros. Em março, a Cooperativa fará a assembleia anual. Giovanella informa que pelos números preliminares do balanço, surpreendeu positivamente.“O ano de 2018 foi muito difícil, mas mesmo assim fechamos bem. Os detalhes informaremos na assembleia no dia 22 de março”, registrou.

SC terá primeira abertura oficial da colheita do arroz no Sul

A previsão é de uma safra de arroz menor no Brasil. As chuvas em excesso no Rio Grande do Sul e seca na região Nordeste devem prejudicar o resultado final, segundo avalia o presidente da Cooperativa Juriti, Orlando Giovanella, com base nas informações recebidas. Em Santa Catarina, uma novidade. Entidades ligadas à cultura do arroz no Estado vão realizar o lançamento nos dias 6 e 7 de fevereiro, durante o dia demonstrativo de campo da Cooperja, em Jacinto Machado, sul do Estado.

É a primeira abertura oficial da colheita no Estado, para destacar a importância econômica da cultura do arroz em Santa Catarina, onde são plantados em torno de 150 mil hectares do cereal, envolvendo milhares de agricultores familiares. Uma ampla programação será cumprida, incluindo o 1º Fórum do Arroz e lançamento de uma nova cultivar pela Epagri, a SCS 124 Sardo. O lançamento é resultado de 14 anos de trabalho. É o primeiro voltado para o mercado de arroz branco.

Estado é o segundo maior produtor de arroz irrigado

Santa Catarina é o segundo maior produtor de arroz irrigado no Brasil. A qualidade das sementes disponibilizadas para os agricultores é um dos motivos desse resultado. Ao longo de sua história a Epagri já desenvolveu 31 cultivares de arroz, 23 deles lançados especificamente para as condições de Santa Catarina. Destes, 12 seguem com recomendação de cultivo, já que os mais antigos acabam se tornando obsoletos com o desenvolvimento de novas pesquisas.

Graças ao trabalho da Epagri, o Estado tornou-se um exportador de sementes de arroz de qualidade. Mais de 50% das sementes produzidas aqui são exportadas para o Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão e Vale do São Francisco, além de outras regiões. No Estado catarinense, 80% das lavouras de arroz utilizam cultivares desenvolvidos pela Epagri.

Em Santa Catarina a cultura do arroz irrigado se destaca pela sua importância social e econômica. Mais de oito mil famílias de pequenos e médios agricultores, distribuídos em 65 municípios, têm a atividade como sua principal fonte de renda. O Estado detém um dos mais elevados índices de produtividade do Brasil com 7,85 toneladas por hectare.




Enviar notícia para um amigo

comentários (1)

06/02/2019 - antonio carlos garcia rodrigues (camaqua - RS)
R$ 37,00 o saco ??? Será que é um aviso para os Produtores Gaúchos ??? Olho Vivo...

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2019 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio