Sementes Basso 3

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
Facebook

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

14.09.2018 | SAFRA - por Cleiton Evandro dos Santos - AgroDados / Revista Planeta Arroz

Lavoura gaúcha de arroz vai reduzir 70 mil hectares

Levantamento de intenção de plantio do Irga para a safra 2018/19 aponta retração de 6,5% na superfície semeada para 1,007 milhão de hectares, a menor do século

imagem Lavoura menor é medida para reduzir custos e dívidas Foto: Divulgação

Levantamento de intenção de plantio realizado pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) indica que o Rio Grande do Sul, estado responsável por 72% da produção brasileira do grão, deve registrar a maior queda do século na temporada 2018/19: 6,54%, o equivalente à redução de 70 mil hectares cultivados.

O resultado do levantamento costuma ser divulgado na Expointer, que terminou nos primeiros dias de setembro, mas o instituto modificou os critérios de apuração para buscar valores mais próximos da realidade, mesmo tendo acertado em cheio a tendência nos últimos anos. O estudo, ainda não publicado oficialmente, indica que os arrozeiros gaúchos tendem a plantar 1,007 milhão de hectares a partir do final deste mês.

Na temporada 2017/18 o estado cultivou 1.078 milhão de hectares, mas registrou perdas e colheu 1,066 milhão, com produtividade média recorde de 7.949 quilos por hectare e produção de 8,474 milhões de toneladas. Considerando a média das últimas três safras, de 7.615 quilos por hectare, a safra gaúcha poderá gerar uma colheita de 7,670 milhão de toneladas em 2018/19, ou seja, retrairá 12,3%. As regiões mais afetadas no estudo preliminar são a Campanha, com -11,51%, a Planície Costeira Externa com 11,76 e a Zona Sul, com 11,05%.

Na sequência estão a Campanha com 6,87%, Fronteira Oeste com 4%, Depressão Central com 3,89% da Planície Costeira Interna.A área reduzida de arroz deverá dar espaço para a soja em várzea - que deve crescer 20 mil hectares para 292 mil ou mais. Outra parte será dirigida a pousio/pecuária para uso em práticas de desinfestação de plantas invasoras resistentes a herbicidas, como arroz vermelho e capim arroz.




Enviar notícia para um amigo

comentários (3)

14/09/2018 - antonio carlos garcia rodrigues (camaqua - RS)
China precisa de Soja...E muito...Plantar arroz pra vender a R$35,00 o saco ??? Esqueçam...
14/09/2018 - Carlos Azambuja (Camaquã - RS)
Se o levantamento do Irga concluiu que a redução será de 70.000 ha, podem ter a certeza que a redução não ficará em menos de 150.000 ha!! Pois não são nada confiáveis, o próprio Irga admitiu a algum tempo atrás que as amostragens de seus levantamentos eram muito restritos. São parecidos com pesquisas de intenção de votos.
14/09/2018 - Flavio Evandro (Santa Maria - RS)
E tinha que ser o dobro se querem vender por um preço remunerador no ano que vem!!! Finalmente estão acordando que temos excesso de oferta e que ninguém faz nada para exportarmos todo o nosso excedente! Parabens aos nossos governantes que preferem idolatrar o Mercosul ao invés de proteger o produtor nacional !!!

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2018 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio