Sementes Basso 2

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
Facebook

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 4

notícias

10.10.2017 | OPINIÃO - por Coluna Agro&Negócios - Cleiton Evandro dos Santos - Gazeta do Sul (RS)

Nem prazo, nem preço!

A formação das lavouras da safra 2017/18 está muito atrasada e registra apenas 6% de superfície semeada

 Nem prazo, nem preço!

O clima e a séria crise nos preços – que acarreta também dificuldades de crédito – já faz estragos na lavoura de arroz do Rio Grande do Sul. A formação das lavouras da safra 2017/18 está muito atrasada e registra apenas 6% de superfície semeada (64 mil hectares) diante da expectativa inicial de que o estado plantará 1,078 milhão de hectares. Há um ano, 36% de uma área de 1,121 milhão estava plantada, o equivalente a 404 mil hectares. A situação é preocupante e o atraso deverá implicar em queda da produtividade. O estado representa 72% da produção nacional de arroz.

Dentro do normal


A região de Santa Cruz do Sul (Depressão Central) tradicionalmente planta mais tarde para escapar das enchentes de setembro e outubro. Quase só as lavouras cultivadas em sistema pré-germinado, menos dependente do clima, estão sendo semeadas. A previsão é de intensificação dos trabalhos no final do mês. Se o clima permitir.

Alto custo

Na semana que passou a Conab divulgou um estudo sobre os custos de produção e rentabilidade do arroz em três regiões (Zona Sul, Fronteira Oeste e Depressão Central). Aqui na região, a lavoura, em média, deu prejuízo de R$ 140,00 por hectare. Ou seja, o arrozeiro desembolsou mais para produzir do que o preço que recebeu. E os dados são referentes a março, quando a saca de 50 quilos do grão, em casca, valia R$ 41,00. Agora, está em R$ 35,00. Então, o prejuízo é maior ainda.

Intervenção


Na próxima semana o governo federal deverá anunciar uma intervenção no mercado de arroz, promovendo leilões de PEP e Pepro, programas de comercialização que garantem o preço mínimo estabelecido em lei à saca de 50 quilos de arroz em casca. O padrão é de R$ 34,97 para o grão que representa o Tipo 1, que vai para o nosso prato. Numa safra que se gastou R$ 45,00 por saca produzida, receber R$ 34,97 (mais descontos), o prejuízo é altíssimo.

Volta ao passado

Com pelo menos 12 plantas daninhas resistentes e tolerantes ao glifosato e os mais altos custos de produção com cultivares RR, aumenta o número de sojicultores que voltam a plantar variedades convencionais. No Mato Grosso, maior produtor de soja do Brasil, a área semeada por este sistema na safra 2017/18 chegará a 15%. Parece inexpressivo. mas o volume representa 1,2 milhão de hectares.

Em todo o Brasil estima-se que apenas 6% da área, ou 2 milhões de hectares, são cultivados neste sistema. Mais de 90% da soja cultivada no Brasil é transgênica. Além de proteger a tecnologia nacional, o grande apelo das sementes tradicionais é o bônus de até R$ 15,00 pago por saca de 60 quilos na safra passada por compradores internacionais. O plus, em alguns casos, chegou a 20% do preço, o que não é pouco.




Enviar notícia para um amigo

comentários (5)

10/10/2017 - Alexandre Dutra (Bagé - RS)
Isso faz parte, todos os anos vejo essa ladainha, soja na varzea, atraso no plantio, seca, chuva e etc...pouco muda la no final, ou seja, com o andar da caroça as melancias se ajeitam. A agora respondendo ao comentário do Sr. Carlos Azambuja do dia 05/10, eu não tripudio em cima de produtor, até por que pelos comentários dos senhores não acredito que sejam produtores, estão mais para corretores desesperados por aumentar suas comissões no final do mês. Olho vivo pessoal.
10/10/2017 - flavio evandro schmidt (santa maria - RS)
Ah é!!! Olha no google lá tem a IE de todos... pesquisa antes de falar bobagem!!!
11/10/2017 - Edereson Diehl ( - AC)
Não precisa ser um expert para concluir q haverá reducão de área sim. !- Muitos não estão mais conseguindo créditos pra plantar. 2- Ao preco q o arroz tá ninguém é doido de vender o q tem pra fazer caixa, do jeito q as condicões climaticas esão atrasando o plantio, é arriscado investir no arroz. Assim q o tempo se ajustar só la por novembro, só resta plantar soja mesmo. 3- Não existe nem uma politica séria pra solucionar os problemas dos arrozeiros, só paliativos com um preco mínimo abaixo dos custos.Acredito até se o Rs plantar 900 mil hectares de arroz será muito. Sds.
13/10/2017 - Enio Andrade (Porto Alegre - RS)
Bolsonaro no Alexandre Lula Dutra da Silva kkkk
16/10/2017 - Alexandre Dutra (Bagé - RS)
O técnico de futebol Enio Andrade pensa que sou do PT, mas o que te faz pensar isso????? Só por que acho o Bolsonaro um fanfarão, não significa que sou petralha!!!! Olho vivo pessoal.

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2017 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio