sulfacal

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
news
Assine 5

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Facebook

artigos

01.05.2020 | Artigo

Situação atual de gramíneas em arroz irrigado e métodos de manejo

por André da Rosa Ulguim1, Bruno de Lima Fruet2, Anelise Lencina da Silva3

 O arroz-daninho caracteriza-se como uma das principais plantas daninhas de arroz. Entretanto, outras gramíneas, como o capim-arroz, têm cada vez mais ganhado destaque. Em levantamento realizado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) com técnicos, observou-se que o capim-arroz é a principal planta daninha em arroz no Rio Grande do Sul (figura 1).

Os principais fatores que justificam a ocorrência dessa e de outras espécies são a resistência a herbicidas, aplicação em plantas daninhas grandes, atraso na irrigação e falta de aplicação de pré-emergentes ou ponto de agulha (figura 2a). Observou-se que o principal manejo utilizado em áreas com resistência é a aplicação de pré-emergentes e de ação total em ponto de agulha (figura 2b).

Isso justifica-se pelo fato de serem herbicidas com diferentes mecanismos de ação e sem problemas conhecidos de resistência em gramíneas de arroz. A principal vantagem do uso desses herbicidas é a redução da competição inicial das plantas daninhas com a cultura, possibilitando o estabelecimento do arroz no limpo e facilitando a ação dos pós-emergentes. Isso permite produtividades superiores à 1 t ha-1, comparadas àquelas áreas sem as aplicações (SILVA, 2020).

Outra alternativa efetiva é a rotação de culturas, em que a soja tem destaque para o manejo de plantas daninhas em terras baixas. Assim, embora muito tenha-se evoluído no manejo, as plantas daninhas que constituem-se problema são similares há anos em arroz. O uso das práticas adequadas e no momento correto têm permitido seu controle eficiente.

REFERÊNCIAS

GALON, L.; et al. Estimativa das perdas de produtividade de grãos em cultivares de arroz (Oryza sativa) pela interferência do capim-arroz (Echinochloa spp.). Planta daninha, v. 25, n. 4, p. 697–707, 2007.
FRUET, B.L. et al. (2019) Survey of rice weed management and public and private consultant characteristics in Southern Brazil. Weed Technology, p. 1-6, 2019. doi: 10.1017/wet.2019.115
SILVA, Anelise Lencina. Diagnóstico do manejo e ocorrência de plantas daninhas em arroz irrigado no Sul do Brasil. Dissertação (mestrado): Programa de Pós-graduação em Agronomia, Universidade Federal de Santa Maria. 2020. 65f.

PROFESSOR ADJUNTO, DEPARTAMENTO DE DEFESA FITOSSANITÁRIA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM); 2 ENG. AGRÔNOMO, UFSM; 3 DOUTORANDA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA, UFSM.


Enviar artigo para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2020 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio