semearagricola
macoppi 2

cadastre-se

Na Planeta Arroz os usuários cadastrados têm muitas vantagens. Faça o seu cadastro grátis.

cadastre-se agora
Facebook

rss

Na Planeta Arroz você pode conferir as últimas novidades através de Feeds RSS. Confira:

notícias
artigos
Assine 5

notícias

15.02.2017 | INTERNACIONAL - por Cleiton Evandro dos Santos - AgroDados - Planeta Arroz

Bilionário vai produzir 1 milhão de toneladas de arroz por ano na Nigéria

Estimativa do grupo Dangote, de Aliko Dangote, é alcançar esta meta em cinco anos financiando 50 mil produtores

imagem Aliko: dono de 11,8 bilhões de dólares, agora investe em arroz Foto: Divulgação

Aliko Dangote, o homem mais rico da África e controlador do Grupo Dangote, deu início a um investimento de produção e industrialização de arroz na Nigéria com o objetivo de levar ao mercado um volume anual de 1 milhão de toneladas dentro de cinco anos. Os primeiros cultivos e processamentos já começam em 2017, segundo anúncio formal da empresa. Segundo a imprensa local, a demanda de arroz na Nigéria atingiu 6,3 milhões de toneladas métricas em 2015, com 2,3 milhões de toneladas produzidas localmente e a importação de quatro milhões de toneladas, situação que torna o país muito dependente de importações, de acordo com o Ministério da Agricultura. Por isso, o governo está incentivando a produção interna.

A Dangote Rice Ltda, subsidiária do Grupo Dangote, lançou no início de fevereiro um projeto-piloto que começará com 500 hectares de cultivos junto à barragem de Gonroyo, a segunda maior da Nigéria, localizada no estado de Sokoto, norte do país.

O projeto de vários milhões de dólares será ampliado para cobrir uma área de 25 mil hectares em três locais no norte da Nigéria até o final do ano, disse a empresa.

"Até o final de 2017, a Dangote Rice planeja produzir 225 mil toneladas de arroz branco, o que nos permitirá satisfazer 4% da demanda total no mercado dentro de um ano", diz comunicado da empresa.

"Nosso modelo projeta produzir 1 milhão de toneladas de arroz branco ao ano, a fim de satisfazer 16% da demanda interna de arroz nos próximos cinco anos", informa.

O Dangote Group tem crescido agressivamente na África, investindo em cimento, fabricação de alimentos, petróleo, gás, seguros e imóveis. No mês passado, o grupo lançou uma usina de montagem de caminhões de US $ 100 milhões para aproveitar um aumento projetado na demanda por transporte, à medida que o governo aumenta a agricultura e os agricultores precisam transportar bens por todo o país.

A Dangote Rice também divulgou que irá associar com pequenos agricultores e firmar contratos para cultivar arroz em casca. Vai oferecer insumos para os agricultores e garantia de compra enquanto estes fornecem a terra e a mão-de-obra. Os 25 mil hectares serão cultivados por cerca de 50 mil agricultores, organizados em grupos. Além disso, serão utilizadas fazendas próprias.(com informações de agências internacionais).




Enviar notícia para um amigo

Deixe o seu comentário.
Para isso, é necessário estar logado.

esqueci minha senha enviar

Se você é um novo usuário, faça o seu cadastro gratuitamente.

Todos os direitos reservados - Copyright 2017 - Planeta Arroz

Desenvolvido por dzestudio